Camião cisterna despista-se e derrama ácido


 

Lusa   Nacional   19 de Dez de 2009, 13:55

Um camião cisterna que transportava ácido clorídrico despistou-se ao princípio da tarde de hoje na Estrada Nacional 109, perto de Leiria, tendo derramado parte da carga, disse à Lusa o Centro distrital de Operações de Socorro(CDOS).

Segundo a mesma fonte, o acidente registado às 12:52 provocou ferimentos ligeiros no condutor do veículo.

A estrada está cortada nos dois sentidos assim como o acesso à A17.

O ácido clorídrico é uma solução aquosa, fortemente ácida e extremamente corrosiva, normalmente utilizado como reagente químico.

De acordo com o CDOS de Leiria, o camião cisterna da empresa CUF de Estarreja transportava perto de 25 toneladas de ácido clorídrico e com o despiste derramou cerca de 12 mil litros.

A mesma fonte adiantou que a perigosidade desta matéria é de 80 numa escala que vai até 100.

No local estão 55 homens e 20 viaturas de seis entidades, entre as quais o Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente da Guarda Nacional Republicana (SEPNA) e os bombeiros sapadores de Coimbra e os bombeiros voluntários e sapadores de Leiria.

Segundo o CDOS, a situação está estável, tendo sido evitado o derrame de mais carga que deverá ser transferida para outra viatura que se encontra a caminho.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.