Açoriano Oriental
Câmara de Vila do Porto atribui bolsas mensais de 150 euros a universitários
Estudantes universitários de Santa Maria vão poder beneficiar a partir de janeiro de 2014 de bolsas de estudo atribuídas pela câmara, que pretende ajudar alunos carenciados com apoios mensais de 150 euros.
Câmara de Vila do Porto atribui bolsas mensais de 150 euros a universitários

Autor: Lusa/AO online

“Trata-se de uma bolsa de estudo que tem a duração de 10 meses por ano, no valor de 150 euros por mês, e será atribuída a alunos que tenham bom aproveitamento e que queiram prosseguir os seus estudos, mas que tenham dificuldades financeiras”, disse o presidente da Câmara Municipal de Vila do Porto (o município corresponde a todo o território da ilha), Carlos Rodrigues, em declarações à Lusa.

As bolsas começam a ser atribuídas "a partir de janeiro, porque este ano letivo já arrancou, mas nos próximos anos o apoio será sempre a partir de outubro", referiu ainda o autarca, acrescentando que as candidaturas estiveram abertas no ‘site’ da câmara e "estão a ser analisadas".

As bolsas, que duram até que o estudante conclua a sua licenciatura, destinam-se a estudantes que estejam em qualquer universidade do país, inclusive na dos Açores, e "não existe obrigação de o aluno voltar à terra, mas a sua atribuição depende de aproveitamento escolar".

De acordo com o autarca, serão analisadas até três candidaturas por ano.

"Ou seja, no primeiro ano três alunos. No segundo, estes três se tiverem bom aproveitamento, mais outros três e no terceiro já são nove até ao final de curso de cada um", explicou, justificando a criação desta bolsa com o facto de existirem alunos com muita vontade de prosseguir estudos mas que realmente não o conseguem por meios próprios.

Várias autarquias nos Açores têm vindo a privilegiar a atribuição de bolsas de estudo a alunos carenciados, apoiando as famílias que não têm posses para manter os filhos nas universidades.

Recentemente, por exemplo, a Câmara Municipal da Lagoa, em São Miguel, anunciou que vai voltar a apoiar jovens estudantes do concelho com a atribuição de treze renovações de bolsas de estudo, um investimento municipal de "14.250 euros para jovens que residem no município há mais de três anos e que frequentem estabelecimentos de ensino no concelho".

"Os beneficiários das treze bolsas de estudo frequentam mestrados em Psicologia da Educação; Direito Internacional e Relações Públicas; Medicina; Energias Renováveis – Conversão elétrica e utilização sustentável; Educação Básica e Mestrado em educação pré-escolar; e nos cursos de Ciências Biológicas e da saúde; Relações Internacionais; Serviço Social; Enfermagem; Psicologia; Arquitetura; Informática – redes e multimédia, nas universidades de Lisboa, Nova de Lisboa, do Minho e dos Açores", de acordo com a câmara.

Desde o ano letivo de 2006/2007 a Lagoa já atribuiu 96 bolsas de estudo.

 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.