Câmara de Ponta Delgada vai intensificar incentivos para promover uma maior separação de resíduos na restauração

Câmara de Ponta Delgada vai intensificar incentivos para promover uma maior separação de resíduos na restauração

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   28 de Mar de 2019, 10:52

A Câmara Municipal de Ponta Delgada está a trabalhar em várias frentes para reforçar as políticas e os incentivos com vista à promoção de uma maior e melhor separação de resíduos nos estabelecimentos de restauração do concelho. Paralelamente, equaciona a redução de taxas para todos os que cumprirem com todos os parâmetros da reciclagem.



Segundo explica nota de imprensa, uma das iniciativas que a autarquia pretende implementar, passa pela recolha de plástico, papel e vidro, por parte dos serviços camarários, junto dos estabelecimentos. Desta forma, a autarquia vai proceder ao desenvolvimento dos respetivos processos concursais e, mais tarde, adquirir viaturas próprias para o efeito, além de dar formação aos seus funcionários para colaborar com os elementos da restauração.


O anúncio foi feito pelo vereador do Ambiente, Pedro Furtado, durante a cerimónia de entrega dos selos do Programa Parceiros e da Urban Waste aos 32 restaurantes do concelho que cumpriram integralmente a separação de resíduos no âmbito da iniciativa conjunta do Município e da MUSAMI – Operações Municipais do Ambiente EIM SA.


Na mesma cerimónia, Pedro Furtado fez questão de referir que, além da medida acima anunciada, a câmara está ainda a equacionar a recolha de resíduos orgânicos no interior dos estabelecimentos ligados à restauração, estudando, atualmente, a aquisição de equipamentos próprios para implementar esta solução.


Pedro Furtado destacou a importância da sustentabilidade ambiental, que preocupa a autarquia, sobretudo no que respeita às gerações futuras, mas também disse que a questão da separação dos resíduos tem vindo a assumir uma uma cada vez maior importância junto das populações, sendo obrigação do município continuar a trabalhar na sensibilização para uma separação mais correta, acrescenta a nota.


Referindo-se aos 32 restaurantes cumpridores que receberam o selo do Programa Parceiros e da Urban Waste, o vereador disse que estes “merecem o reconhecimento público. Temos de valorizar aqueles que são cumpridores e, hoje, estamos perante mais de três de dezenas de estabelecimentos que cumpriram com os objetivos traçados”.


Segundo anunciou, a autarquia poderá estudar, inclusivamente, a redução das taxas de resíduos para os estabelecimentos da restauração, mas esta medida, como todas as que a câmara pretende implementar, será discutida com os proprietários dos restaurantes, porque valorizamos as parcerias”.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.