Câmara de Ponta Delgada aposta em programa de Natal de "custo zero"

Câmara de Ponta Delgada aposta em programa de Natal de "custo zero"

 

Lusa/AO online   Regional   22 de Nov de 2012, 15:55

A Câmara Municipal de Ponta Delgada vai apostar este ano numa programação de Natal com "um custo zero" que, além da vertente sociocultural, com mais de 60 eventos, vai apostar na solidariedade.

“Há constrangimento financeiro, há dificuldades económicas, mas não se pode perder nem o simbolismo do Natal, nem a generosidade, nem o voluntarismo”, afirmou o presidente da autarquia, José Manuel Bolieiro, numa conferência de imprensa para apresentação do programa festivo da maior câmara dos Açores.

O autarca sublinhou que se trata de um programa “feito com todos e para todos”, com um figurino “solidário" e "demonstrativo de voluntariado”, já que em matéria de “honorários as atuações têm um custo zero”.

Os eventos decorrem até 06 de janeiro na cidade, mas também "descentralizados" às freguesias não urbanas do concelho.

Vão decorrer três campanhas solidárias, uma delas designada “Medicamento doado é aproveitado”, em parceria com a Cruz Vermelha Portuguesa e que vai permitir a recolha, entre 05 de dezembro e 05 de janeiro, de medicamentos com validade para distribuir por famílias desfavorecidas do concelho.

O autarca destacou ainda a iniciativa "Saco Solidário", a 08 de dezembro, no tradicional Dia das Montras, em parceria com o Instituto São João de Deus, através da distribuição de um saco por estabelecimentos comerciais do centro histórico e consumidores, para "ajudar os utentes da Casa de Saúde de S.Miguel".

Já a campanha solidária “Dê a quem não tem”, em parceria com a Associação Académica da Universidade dos Açores, visa a recolha de brinquedos e vestuário a favor de famílias desfavorecidas do concelho e vai decorrer entre 17 a 20 de dezembro.

O concerto de Ano Novo, a 05 de janeiro no Coliseu Micaelense, será de beneficência, indicou o presidente do município, para quem "é preciso dar mais dimensão à expressão solidariedade do que à consequência nacional da expressão austeridade".

Entre os eventos programados constam concertos na cidade e em 12 freguesias com tunas académicas, crianças dos ateliês de tempos livres municipais, da Filarmónica Municipal de Ponta Delgada e de vários grupos locais, incluindo na festa popular de passagem de ano nas Portas da Cidade.

Serão também apresentadas atividades lúdicas no centro histórico, espetáculos de teatro musical, lançamentos de livros e de um DVD, exposições de fotografia, pintura e artesanato, uma mostra de arte de presépios de uma coleção particular, cinema, um festival de tunas e uma conferência sobre o Natal, entre outros eventos.

Decorrerá ainda a tradicional prova de atletismo S.Silvestre, terminando os eventos a 06 de janeiro com o concerto de Reis, também no Coliseu Micaelense.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.