“Transparência Ambiental”

Câmara da Praia disponibiliza documentos sobre processo de contaminação de solos

Câmara da Praia disponibiliza documentos sobre processo de contaminação de solos

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   29 de Jan de 2019, 17:07

A Câmara Municipal da Praia da Vitória disponibiliza, a partir desta terça-feira, no portal do município na internet, toda a informação técnica sobre o processo de contaminação, limpeza e descontaminação ambiental dos solos e aquíferos do concelho, num separador intitulado “Transparência Ambiental”.

O anúncio foi feito por Tibério Dinis, presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, citado em nota de imprensa, sublinha que “o debate público do processo de contaminação de zonas afetas à Base das Lajes, decorrente da presença e atividade das forças militares dos Estados Unidos da América, impõe o conhecimento rigoroso e transparente da informação, quer pelo impacto desta matéria na vida dos praienses, quer pela sua importância social e económica no concelho”.


O autarca frisa que “tem procurado manter a adequada serenidade na discussão do assunto, garantindo sempre a total disponibilidade da informação em sua posse para com cada praiense”, reforçando o apelo “ao devido fundamento nas declarações a produzir sobre esta matéria”.


“É essencial e imperativo que sejam fundamentadas cientificamente todas as declarações sobre este assunto e que não se criem cenários desfasados da realidade, com custos colaterais para a imagem e para o futuro da Praia da Vitória”, advoga.


Desta forma, a partir de hoje, estão acessíveis a todos os interessados 82 ficheiros, num total de 543 megabytes de informação técnica e científica, que podem ser consultados no sítio da autarquia na internet através do link www.cmpv.pt/transparenciaambiental/.


Para consulta existem vários relatórios técnicos do Laboratório Nacional de Engenharia Civil, os relatórios do Laboratório de Proteção e Segurança Radiológica e os estudos dos próprios norte-americanos elaborados pela CH2M HILL, relativos à descontaminação e relatório hidrológico da Base das Lajes, existentes desde 2003.


Diz ainda a nota de imprensa da autarquia da Praia da Vitória, e na sequência do pedido efetuado por Tibério Dinis ao diretor de informação da TVI, após a transmissão de um conjunto de reportagens intitulado “Lajes Confidencial”, ficam também agora disponíveis os documentos que foram facultados sobre dados oncológicos, contaminantes, análises radiológicas, lamas tóxicas, entre outros.


No separador “Transparência Ambiental” será ainda possível consultar dados oficiais sobre doenças do foro oncológico, conclusões do trabalho do Centro de Oncologia dos Açores.


A autarquia disponibiliza também os resultados das análises efetuadas pela empresa municipal Praia Ambiente, desde 2011, à qualidade da água de consumo público no concelho.


“Com esta medida disponibilizam-se todos os documentos conhecidos da Câmara Municipal e da Assembleia Municipal da Praia da Vitória, para que possam ser consultados sem reservas por cada Cidadão”, afirma Tibério Dinis.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.