Crise Financeira

Bush nomeia procurador federal para fiscalizar plano de resgate


 

Lusa/AOonline   Economia   14 de Nov de 2008, 16:58

O Presidente norte-americano, George W. Bush, nomeou um procurador federal de Nova Iorque inspector-geral especial para o plano de resgate das instituições financeiras de 700 mil milhões de dólares, anunciou a Casa Branca.
Se a nomeação for confirmada pelo Senado, Neil Barofsky será responsável pela condução de auditorias e investigações à forma como o dinheiro do plano é gasto e pelo registo do valor de quaisquer activos adquiridos pelo governo e das razões que justificaram essas aquisições.

    Estas funções estão actualmente a ser exercidas pelo inspector-geral do Departamento do Tesouro, Eric Thorson, que manifestou preocupação quanto à sua capacidade para fiscalizar adequadamente o complexo programa de resgate ao mesmo tempo que mantém as responsabilidades inerentes ao cargo que desempenha.

    A nomeação de um inspector-geral especial foi uma das provisões acrescentadas à lei que criou o chamado "Plano Paulson" para garantir a sua aprovação pelo Congresso.

    Neil Barofsky é actualmente procurador-adjunto em Nova Iorque e director de um grupo contra a fraude hipotecária.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.