Bruxelas saúda aprovação da nova PAC pelos eurodeputados


 

Lusa/AO online   Nacional   20 de Nov de 2013, 11:41

A Comissão Europeia saudou a aprovação, pelo Parlamento Europeu (PE), da reforma da Política Agrícola Comum (PAC) sublinhando ser "um dia importante para os agricultores europeus".

"Saúdo o voto de hoje no PE sobre a reforma da PAC. É um dia importante para os agricultores europeus, mas também para todos os cidadãos da União Europeia que se preocupam com a qualidade do que comem e com a sustentabilidade dos métodos de produção agrícola", disse o comissário europeu para a Agricultura, Dacian Ciolos.

"A PAC reformada estará mais bem equilibrada entre agricultores, regiões e Estados-membros, com especial foco nos jovens agricultores", salientou, numa nota divulgada em Bruxelas.

O próximo passo será a aprovação formal pelos 28 do pacote legislativo que contém a novas regras da PAC, aplicáveis de 2014 a 2020 e que garante verbas na ordem dos oito mil milhões de euros a Portugal.

As quatro propostas legislativas sobre a reforma da PAC hoje aprovadas são relativas aos pagamentos diretos aos agricultores, à organização comum dos mercados, ao desenvolvimento rural e a um regulamento horizontal sobre o financiamento, a gestão e o acompanhamento da PAC.

O eurodeputado socialista Capoulas Santos, relator de duas das propostas destacou entre os aspetos mais positivos para Portugal, que perde cerca de 500 milhões de euros com a nova PAC, o aumento do pagamento médio por hectare, a inclusão de setores como o viticultura nas ajudas diretas, o aumento dos apoios para novos e jovens agricultores ou o financiamento de novas infraestruturas de regadio até 2020.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.