Bruxelas quer imposto sobre emissões dos aviões a partir de janeiro de 2014

Bruxelas quer imposto sobre emissões dos aviões a partir de janeiro de 2014

 

Lusa/AO online   Economia   16 de Out de 2013, 12:14

A Comissão Europeia (CE) propôs que as emissões de CO2 dos aviões que circulem no espaço aéreo europeu passem a ser cobradas a partir de janeiro de 2014, estando previstas algumas isenções.

A medida anunciada em Bruxelas, para entrar em vigor a 01 de janeiro de 2014, determina que os voos fora da área económica europeia estarão isentos entre 2014 e 2020, tal como os países em vias de desenvolvimento com emissões abaixo de 1% no conjunto global da aviação.

Esta proposta da CE vai obrigar a uma adaptação do sistema europeu do comércio europeu de emissões, após a Organização Internacional de Aviação Civil se ter comprometido a fechar um acordo global para reduzir as emissões neste setor em 2016.

A comissária europeia da Ação Climática, Connie Hedegaard, notou que tem sido feito "um grande esforço" para reduzir as emissões de CO2 a nível europeu e que atualmente "todos os setores da economia estão a contribuir neste sentido".

"O setor da aviação também tem de contribuir, tendo em conta o aumento do tráfego, que duplicou desde 1990. Estou confiante que o Parlamento Europeu e o Conselho trabalharão para aprovar esta proposta sem atrasos", acrescentou.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.