Bruxelas destaca importância do turismo para países como Portugal


 

Lusa/AO online   Internacional   27 de Set de 2013, 11:23

A Comissão Europeia regozijou-se com os "bons resultados" da época turística na Europa no primeiro semestre de 2013 e destacou a importância do setor para economias fragilizadas de países como Portugal, que registou um aumento de 8% de entradas de turistas.

Numa altura em que muitos Estados-membros se confrontam com dificuldades económicas e elevadas taxas de desemprego, Bruxelas sublinhou hoje que "há boas notícias do setor do turismo", de acordo com os mais recentes dados da Organização Mundial do Turismo a revelarem que, apesar da crise económica, a Europa continua a ser um dos destinos mais procurados.

"As entradas de turistas internacionais na Europa aumentaram 5% durante o primeiro semestre de 2013, com os melhores resultados a registarem-se na Europa Central e Oriental (+9 %) e na Europa Meridional e Mediterrânica (+6 %)

O executivo comunitário assinala que, "entre os países mediterrânicos, a Espanha lidera o plantel de 2013: teve 34 milhões de turistas entre janeiro e julho e registou um aumento de 4 % nas entradas de turistas internacionais em comparação com o ano passado", o turismo na Grécia aumentou 9,2 %, tendo o país acolhido cerca de 7 milhões de turistas em sete meses, e "Malta (+10 %) e Portugal (+8 %) também comunicaram um crescimento notável".

"Mais visitantes significa não apenas um aumento dos lucros no turismo e hospitalidade, mas também mais empregos, o que é particularmente importante para economias doentes, como Grécia, Espanha e Portugal", sustenta a Comissão, lembrando que dezenas de milhares de empregos estão atualmente disponíveis no setor do turismo em toda a Europa, o que poderá dar alguma ajuda aos mais de 26 milhões de europeus que se encontram no desemprego.

"Hoje celebramos o Dia Mundial do Turismo. Nesta ocasião, é com prazer que tenho bons resultados para apresentar para a primeira parte da época turística deste ano, especialmente porque surgem num momento em que a maioria dos países da UE se depara com um desemprego elevado e com dificuldades económicas", comentou o comissário europeu responsável pela Indústria e Empreendedorismo.

Antonio Tajani sustentou ainda que é necessário "continuar a encontrar formas de desenvolver o setor do turismo da Europa" e deu conta de uma iniciativa da Comissão de simplificação do sistema de vistos, "cujo objetivo é atrair mais turistas das economias emergentes".



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.