Reino Unido

Brown assume responsabilidade pela não convocação de eleições


 

Lusa / AO online   Internacional   8 de Out de 2007, 12:24

O primeiro-ministro britânico afirmou hoje assumir "inteira responsabilidade" pela decisão de não convocar eleições legislativas antecipadas e justificou-a com a necessidade de tempo para expor a sua "visão do futuro do país".
    "Assumo inteira responsabilidade por tudo o que se passou", declarou Gordon Brown na conferência de imprensa mensal, afastando qualquer possibilidade de ter tomado a decisão por influência dos seus conselheiros.

    O primeiro-ministro disse ter considerado a convocação de eleições, mas que o seu "instinto" lhe "disse" desde o início que renunciasse, mas recusou admitir que já tinha tomado uma decisão devido às sondagens, desfavoráveis ao Partido Trabalhista.

    "Queria ter mais tempo para poder expor a minha visão do futuro do país", disse Brown, que sucedeu a Tony Blair a 27 de Junho.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.