Banif fechou 31 agências e cortou 225 postos de trabalho em 12 meses

Banif fechou 31 agências e cortou 225 postos de trabalho em 12 meses

 

Lusa/AO online   Economia   5 de Nov de 2013, 17:17

O Banco Internacional do Funchal (Banif) encerrou 31 agências no mercado doméstico entre setembro de 2012 e setembro último, detendo agora 305 balcões, tendo reduzido o quadro de pessoal em 225 funcionários no mesmo período.

"O número de agências bancárias em Portugal diminuiu de 336 para 305" num ano, ao passo que, a nível global, a rede de pontos de venda do Grupo Banif baixou de 459 para 393 entre setembro do ano passado e setembro último, lê-se no comunicado referente às contas dos primeiros nove meses do ano do Banif.

Já o número de colaboradores em setembro de 2013 era de 3.233 funcionários, contra os 3.458 trabalhadores que tinha no mesmo mês de 2012.

Quer em termos de pontos de venda, quer ao nível do número de colaboradores, os números excluem a rede da companhia de seguros Açoreana e a Banca Pueyo (uma instituição financeira espanhola participada pelo Banif).

O Banif registou um resultado líquido negativo de 243,5 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano, valor que compara com o prejuízo de 254,5 milhões de euros em igual período de 2012.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.