Avenida foi campo de batalha para os guerreiros da água

Avenida foi campo de batalha para os guerreiros da água

 

Rui Jorge Cabral   Regional   5 de Mar de 2019, 16:03

Centenas de pessoas participaram ou assistiram esta tarde à Batalha das Limas, uma original tradição do Carnaval micaelense e que levou oito equipas e nove camiões com ‘guerreiros da água’ ao campo de batalha da Avenida Infante D. Henrique, em Ponta Delgada.


Os chamados ‘fights’, em linguagem de guerreiro - ou seja, as lutas frente-a-frente entre camiões - são sempre o ponto alto da Batalha das Limas, embora muitos guerreiros apeados também gostem sempre de desafiar o poderio das tropas ‘camionadas’.

Isto perante o olhar curioso e até ocasionalmente participante de muitos locais e turistas, que fotografam esta tradição ou simplesmente assistem, num dia em que o estado do tempo ajudou, com abertas durante a tarde, depois de uma manhã chuvosa.

Durante muitos anos, a Batalha das Limas espalhava-se um pouco por toda a avenida, mas atualmente está quase restrita a um pequeno troço entre a Praça Gonçalo Velho e o Edifício Solmar o que faz com que, nas ruas à volta e no resto da cidade, se mantenha a tranquilidade de um dia sem trabalho. *


*Leia a reportagem completa sobre a Batalha das Limas e saiba como reagem os 'guerreiros' às críticas feitas à poluição com plásticos no jornal Açoriano Oriental de quarta-feira, 6 de março de 2019.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.