Avanço superior a 2% do PIB nos Açores mostra "mérito" do executivo

Avanço superior a 2% do PIB nos Açores mostra "mérito" do executivo

 

Lusa/AO Online   Regional   25 de Mar de 2019, 20:00

O presidente do Governo Regional dos Açores apontou esta segunda-feira o crescimento acima dos 2% do Produto Interno Bruto (PIB) na região em 2018, pelo quarto ano consecutivo, como exemplo do “mérito” dos investimentos do executivo açoriano.

Vasco Cordeiro, que falava na inauguração das obras de prolongamento do molhe cais e do alargamento da plataforma do Porto da Casa da ilha do Corvo, salientou que os dados preliminares do Serviço Regional de Estatística dos Açores (SREA) divulgados hoje, que preveem um crescimento acima dos 2% do PIB, dão conta do “mérito” do “rumo” traçado pelo Governo que lidera.

“Aquilo que esses dados demonstram é que, fruto de um conjunto de áreas que contribuem para esse crescimento, a vitalidade das nossas exportações, a vitalidade do investimento privado, o rendimento disponível das famílias e também o consumo, tudo isso converge para, a confirmarem-se os dados que foram hoje tornados públicos, a riqueza na nossa região tenha crescido em 2018 mais do que aquilo que cresceu a riqueza do país”, disse.

De acordo com o SREA, no conjunto do ano de 2018, a estimativa de crescimento do PIB dos Açores é de 2,3% em volume e de 4,04% em valor, atingindo 4.295 milhões de euros.

"Em termos trimestrais, no 4.º trimestre de 2018, o PIB regional registou uma variação homóloga estimada de 2,4%, em termos reais, igual à dos dois trimestres anteriores e superior à taxa de 1,9% do 1.º trimestre desse ano e às dos dois últimos trimestres de 2017", diz ainda o documento da entidade.

O presidente do executivo socialista destacou, ainda, a importância da obra lançada hoje, um investimento de dez milhões de euros que prevê o prolongamento do cais acostável em 40 metros e o alargamento da plataforma de estacionamento em 900 metros quadrados, passando de cerca de 1.600 e 2.500 metros quadrados de área disponível, uma empreitada que está “ao serviço da ilha do Corvo e ao serviço dos corvinos”.

A obra irá, também, garantir a melhoria das condições de abrigo estando, ainda, prevista a aquisição de uma grua, pela Portos dos Açores, para o Porto do Corvo.

A empreitada contribui para a “coesão entre as ilhas" da região, o que, segundo Vasco Cordeiro, se faz, também, deste tipo de infraestruturas” e para “uma autonomia não apenas de discursos, mas também de resultados”.

A inauguração das obras no Porto da Casa aconteceu no primeiro de quatro dias de visita do Governo Regional às ilhas do grupo ocidental, Corvo e Flores.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.