Açoriano Oriental
Autarquia do Faial cria Conselho Municipal da Pessoa Imigrante

A autarquia da Horta aprovou, na última reunião camarária, por unanimidade, o projeto de regulamento do Conselho Municipal da Pessoa Imigrante, Integração e Interculturalidade.

Autarquia do Faial cria Conselho Municipal da Pessoa Imigrante

Autor: Susete Rodrigues/AO Online

O Conselho Municipal da Pessoa Imigrante, Integração e Interculturalidade pretende promover a articulação da intervenção dos parceiros sociais na integração das pessoas imigrantes na comunidade faialense.


“No âmbito da comemoração do Dia Municipal do Imigrante e do Diálogo Intercultural, que se assinala a 21 de maio, é com muita satisfação que a Câmara Municipal da Horta avança com a criação deste órgão consultivo, iniciativa proposta pela Equipa para a Igualdade na Vida Local, dando cumprimento ao que estava delineado nas Grandes Opções do Plano e Orçamento do Município”, afirmou a vereadora Maria Antónia Dutra.


Citada em nota de imprensa, Maria Antónia Dutra, disse ainda que, “a ilha do Faial é a mais intercultural dos Açores. Para além das pessoas que têm dupla nacionalidade, esta ilha acolhe 833 pessoas estrangeiras que cá residem oficialmente, de 49 nacionalidades diferentes, por isso o Município não pode ficar indiferente”.


O projeto do regulamento do Conselho Municipal da Pessoa Imigrante, Integração e Interculturalidade será agora publicado em Diário da República para apreciação e discussão pública, pelo período de 30 dias, e posteriormente submetido à Assembleia Municipal.


O Dia Municipal do Imigrante e do Diálogo Intercultural foi instituído no ano de 2018 pela Câmara Municipal da Horta. Teve como objetivo promover a interculturalidade, passando a autarquia a desenvolver um papel mais permanente e pró-ativo no esforço de integração dos imigrantes do concelho.

Para assinalar esta data têm sido realizadas, ao longo dos anos, várias ações de sensibilização alusivas ao tema, dirigidas na sua maioria à população em geral, mas também de forma específica à comunidade educativa, desde a distribuição de folhetos e de cartazes em formato físico e digital, à realização de

tertúlias até à realização de provas gastronómicas e showcooking, explica a nota de imprensa da autarquia da Horta.


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados