Autarcas de Trás-Os-Montes vão reproduzir "sucesso" da marca Açores no seu território

Autarcas de Trás-Os-Montes vão reproduzir "sucesso" da marca Açores no seu território

 

Lusa/AO online   Regional   28 de Set de 2018, 17:22

A Comunidade Intermunicipal das Terras de Trás-Os-Montes (CIM-TTM) vai desenvolver um projeto que visa a implementação de uma marca comercial no território, inspirando-se no "sucesso" da marca Açores.


O presidente do município de Miranda do Douro e da CIM-TTM, Artur Nunes, declarou à agência Lusa que a deslocação aos Açores da comitiva, a seu pedido, pretende "conhecer o sucesso" da marca Açores em termos nacionais e internacionais, visando desenvolver uma estratégia territorial idêntica em Trás-Os-Montes.

A comitiva da CIT-TM integra os presidentes das câmaras de Alfandega da Fé, Macedo de Cavaleiros, Miranda do Douro, Mirandela, Mogadouro e Vila Flor, os vice-presidentes dos municípios de Bragança e Vinhais, um autarca de Vimioso e representantes de várias associações.

O responsável da CIM-TTM referiu que foi possível verificar 'in loco', desde quarta-feira, a envolvência do projeto açoriano em termos de produtos, instituições e empresas, a par da dinâmica do turismo, cultura e património que o arquipélago promove através da sua marca.

No âmbito da sua deslocação aos Açores, a comitiva reuniu com o vice-presidente do Governo Regional, Sérgio Ávila, e com diversas empresas regionais que aderiram à marca Açores.

Segundo o gabinete de imprensa do executivo açoriano, além de se inteirar das normas e procedimentos desenvolvidos na implementação da marca, tanto na vertente institucional como empresarial, a comitiva conheceu em detalhe a legislação em que se enquadra, os processos de adesão por parte das empresas, o sistema de controlo e os eventos promocionais associados, tanto a nível regional como nacional e internacional.

Entretanto, a Sociedade para o Desenvolvimento Empresarial dos Açores (SDEA), na qualidade de entidade gestora, vai proporcionar formação específica nos princípios e procedimentos em que assenta a sua estratégia da marca, que foi criada, em 2015, pelo Governo Regional.

Existem cerca de três mil produtos, serviços e estabelecimentos que ostentam o selo marca Açores, num total de 177 empresas aderentes, que, segundo um inquérito realizado, registaram um aumento de 22 por cento nas vendas desde a sua adesão.

A marca Açores assume-se como uma ferramenta da "maior importância no acesso e fidelização de novos mercados", no âmbito de uma estratégia transversal de "valorização e aumento da competitividade da economia regional" desenvolvida pela região.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.