Sociedade

Aumentam os casos de depressão abrangendo cada vez mais jovens

Carregando o video...

 

Rui Jorge Cabral   Regional   3 de Dez de 2009, 14:02

No dia em que começou o I Ciclo de Conferências na Casa de Saúde de Nossa Senhora da Conceição, foi lembrado que a doença mental “não escolhe idades” e que a falta de “valores e referências” leva muitos jovens à depressão. Por mês, duas a três novas mulheres fazem tratamento na instituição
A depressão é, cada vez mais, um sério problema de saúde, afectando pessoas cada vez mais jovens. “A doença mental não escolhe idades”, lembra Maria Filomena Ferreira, directora de enfermagem na Casa de Saúde de Nossa Senhora da Conceição, para quem “há muitos jovens que padecem de problemas psíquicos como a depressão, a esquizofrenia, as psicoses ou os distúrbios da personalidade”.

 “A depressão há-de ser sempre a patologia mais frequente e vai aumentar, porque muitas pessoas não têm como sobreviver, estão com mais dificuldades e isso é um factor desencadeante para doenças depressivas”, afirma por seu lado José Carlos Alves, director clínico da Casa de Saúde de Nossa Senhora da Conceição.


Leia na íntegra esta notícia na edição imprensa de Quinta-Feira, Dia 3 de Dezembro de 2009

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.