Açoriano Oriental
Açores/Eleições
Açorianos estão a libertar-se do socialismo afirma Ventura

O líder nacional do Chega, André Ventura, afirmou que os Açores estão a libertar-se do socialismo, após o PS perder a maioria absoluta nas legislativas regionais, reafirmando que a estreia do partido provocou um “terramoto”.

Açorianos estão a libertar-se do socialismo afirma Ventura

Autor: Lusa/AO Online

“O povo açoriano está a libertar-se do socialismo, que é crónico, difícil e corrupto muitas vezes na região, como no continente. Hoje damos uma grande passo na luta contra a corrupção. E não tenho dúvidas de que o Chega é o grande responsável”, afirmou André Ventura, em declarações aos jornalistas num hotel de Ponta Delgada, onde está a acompanhar a noite eleitoral.

Questionado se o partido tinha provocado um terramoto político esta noite, tal como tinha afirmado durante a campanha eleitoral, na qual estabeleceu como meta a eleição de três deputados, Ventura respondeu: “Já há terramoto. O PS perdeu a maioria absoluta”.

André Ventura não respondeu a mais perguntas dos jornalistas, remetendo para mais tarde um discurso.

O PS perdeu hoje a maioria absoluta nas eleições regionais dos Açores, elegendo 25 deputados do total de 57 parlamentares da Assembleia Legislativa Regional.

Na primeira vez que concorre nos Açores, o Chega obteve 5,06% (5.260 votos) e elegeu dois deputados, entre os quais o líder regional do partido, Carlos Furtado, pelo círculo eleitoral de São Miguel.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.