Açoriano Oriental
OE2011
Açores e Madeira devem tratar cada um dos seus interesses
A presidente do PSD dos Açores recusou esta segunda-feira comentar as transferências para a Madeira previstas na proposta do OE2011, alegando que importa considerar antes as verbas atribuídas aos Açores, inferiores às inscritas no Orçamento de Estado deste ano.
Açores e Madeira devem tratar cada um dos seus interesses

Autor: Lusa/AO online
“A Madeira tem de tratar de si” e os Açores de “lutar pelo que precisa” para garantir o desenvolvimento económico, afirmou Berta Cabral, num comentário à reacção dos socialistas açorianos a críticas dos sociais democratas madeirenses sobre uma alegada discriminação da Madeira face aos Açores em matéria de dotações do OE2011.

Relativamente aos Açores, segundo Berta Cabral, a proposta do Governo da República implica uma redução nas transferências, sublinhando que a região dispõe de um Produto Interno Bruto (PIB) 'per capita' correspondente da “sessenta e poucos por cento da média europeia”.

A líder regional social democrata frisou que os Açores precisam de crescer para se aproximar das médias europeias, salientando que a “medida para avaliação do desenvolvimento é o PIB”.

Questionada sobre o sentido de voto do PSD/Açores em relação às propostas do executivo açoriano de Plano e Orçamento para 2011, que serão debatidas este mês no parlamento regional, Berta Cabral afirmou que o partido ainda “está a fazer o trabalho de casa”, remetendo uma posição para “mais tarde”.
 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.