Açoriano Oriental
Açores acolhem campeonatos nacionais de trauma, salvamento e desencarceramento em 2019

O Governo Regional dos Açores anunciou este sábado que vai acolher, em maio do próximo ano, os campeonatos nacionais de trauma e de salvamento e desencarceramento.

Açores acolhem campeonatos nacionais de trauma, salvamento e desencarceramento em 2019

Autor: Lusa/Ao online

A nota enviada hoje às redações, o executivo açoriano cita declarações do secretário regional da saúde que considera que os dois eventos vão "movimentar cerca de 500 pessoas".

"É uma honra podermos receber, em maio, na Terceira, o Campeonato Nacional de Trauma e o Campeonato Nacional de Salvamento e Desencarceramento, numa organização conjunta da Associação Nacional de Salvamento e Desencarceramento e da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários da Praia da Vitória, com a colaboração do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores", refere Rui Luís.

O responsável máximo pela saúde na Região falava na cerimónia de abertura do Campeonato Regional de Trauma - Arquipélagos, que arrancou esta sexta-feira e decorre até este domingo no concelho do Nordeste, na ilha de São Miguel.

A prova conta com a participação das associações de bombeiros da Praia da Vitória, Faial, Nordeste, Santa Cruz das Flores e São Roque do Pico e também de duas equipas do arquipélago da Madeira.

O Campeonato Regional do Trauma, tem para além da vertente competitiva, o objetivo de aprendizagem, através da comparação de técnicas e competências, de acordo com uma avaliação que obedece à metodologia World Rescue Organisation.

Esta prova vai servir para apurar as equipas que vão participar no Campeonato Nacional de Trauma, entre 17 e 19 de Maio de 2019, na Praia da Vitória, com vista ao Campeonato do Mundo de Trauma que se vai realizar na França, em Setembro do próximo ano.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.