Açores acolhem campeonatos nacionais de trauma, salvamento e desencarceramento em 2019

Açores acolhem campeonatos nacionais de trauma, salvamento e desencarceramento em 2019

 

Lusa/Ao online   Regional   24 de Nov de 2018, 11:10

O Governo Regional dos Açores anunciou este sábado que vai acolher, em maio do próximo ano, os campeonatos nacionais de trauma e de salvamento e desencarceramento.

A nota enviada hoje às redações, o executivo açoriano cita declarações do secretário regional da saúde que considera que os dois eventos vão "movimentar cerca de 500 pessoas".

"É uma honra podermos receber, em maio, na Terceira, o Campeonato Nacional de Trauma e o Campeonato Nacional de Salvamento e Desencarceramento, numa organização conjunta da Associação Nacional de Salvamento e Desencarceramento e da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários da Praia da Vitória, com a colaboração do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores", refere Rui Luís.

O responsável máximo pela saúde na Região falava na cerimónia de abertura do Campeonato Regional de Trauma - Arquipélagos, que arrancou esta sexta-feira e decorre até este domingo no concelho do Nordeste, na ilha de São Miguel.

A prova conta com a participação das associações de bombeiros da Praia da Vitória, Faial, Nordeste, Santa Cruz das Flores e São Roque do Pico e também de duas equipas do arquipélago da Madeira.

O Campeonato Regional do Trauma, tem para além da vertente competitiva, o objetivo de aprendizagem, através da comparação de técnicas e competências, de acordo com uma avaliação que obedece à metodologia World Rescue Organisation.

Esta prova vai servir para apurar as equipas que vão participar no Campeonato Nacional de Trauma, entre 17 e 19 de Maio de 2019, na Praia da Vitória, com vista ao Campeonato do Mundo de Trauma que se vai realizar na França, em Setembro do próximo ano.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.