Ciência

Acelerador de partículas atinge velocidade recorde


 

Lusa / AO online   Internacional   30 de Nov de 2009, 10:40

O grande acelerador de partículas (LHC), destinado a desvendar os segredos da criação do universo, atingiu esta segunda-feira uma velocidade nunca antes alcançada, anunciou o Laboratório Europeu de Física de Partículas (CERN).
"O LHC tornou-se hoje o acelerador de partículas mais poderoso do mundo, ao impelir os seus dois feixes de protões a uma energia de 1,18 teraelectrão-volt (TeV) esta manhã", explicou o CERN em comunicado.

Até hoje, o recorde era detido por um dos concorrentes do CERN, o Fermilab de Chicago, nos Estados Unidos, que conseguiu atingir uma velocidade de 0,98 TeV em 2001.

"É fantástico", congratulou-se o director geral do CERN, Rolf Heuer. "Mas vamos continuar a proceder por etapas porque há ainda muito a fazer antes de começarmos a fazer física em 2010", acrescentou.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.