29 mortos em ataques aéreos na região de Alepo na Síria

29 mortos em ataques aéreos na região de Alepo na Síria

 

Lusa / AO online   Internacional   23 de Nov de 2013, 12:14

Pelo menos 29 pessoas morreram em ataques aéreos a um bairro de Alepo, segunda maior cidade síria, e à província com o mesmo nome, noticiou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

 

De acordo com a referida organização não-governamental, 14 pessoas foram mortas e dezenas ficaram feridas em ataques lançados a partir de um helicóptero militar no bairro de Tariq el-Bab, a leste da cidade, enquanto 14 outras morreram em ofensivas contra a cidade de Al-Bab e a localidade de Tadef.

Num vídeo divulgado por ativistas na internet fala-se num massacre em Tariq el-Bab e as imagens mostram as ruínas de pelo menos um edifício que ruiu e onde são procurados sobreviventes. Outras imagens mostram homens a tentar extinguir um incêndio num miniautocarro, no meio da destruição.

Num outro incidente, pelo menos cinco soldados sírios foram mortos numa emboscada numa aldeia também na província de Alepo, segundo o OSDH.

Desde há várias semanas que o exército sírio, apoiado por peritos em guerrilha da milícia libanesa Hezbollah, tem lançado uma série de ataques que lhe garantem avanços militares, nomeadamente a sudeste de Alepo, face a grupos rebeldes cada vez mais fragmentados. Esta tática também já permitiu às forças leais ao regime sírio algumas vitórias na província de Damasco.

Uma revolta popular iniciada na Síria em março de 2011, contra o regime do presidente Bashar al-Assad, transformou-se ao fim de alguns meses de repressão, numa violenta guerra civil.

Mais de 120.000 pessoas morreram em dois anos e meio de conflito.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.