Emergência médica

112 já pode ser utilizado na UE como número de emergência

112 já pode ser utilizado na UE como número de emergência

 

Lusa/AO Online   Internacional   15 de Dez de 2008, 13:38

O número de emergência único europeu (112) já pode ser utilizado na totalidade da UE, anunciou hoje em Bruxelas a Comissão Europeia, depois de confirmar que a Bulgária e a Roménia também introduziram esta linha de socorro.
    O 112 foi introduzido em 1991 para complementar os números de emergência nacionais e tornar os serviços de emergência mais facilmente acessíveis em todos os Estados-membros da União Europeia (UE).

    "A partir de agora, espero que o 112 seja um companheiro de viagem essencial para quem esteja de férias em qualquer ponto da UE," declarou Viviane Reding, comissária europeia das Telecomunicações.

    A 18 de Setembro último, a Comissão Europeia decidiu denunciar a Bulgária e a Roménia noo Tribunal de Justiça da Comunidade Europeia. A Bulgária porque o 112 não funcionava em todo o país e a Roménia porque os serviços de localização de uma chamada feita por telemóvel não funcionavam de uma forma satisfatória.

    Os dois países já corrigiram essa situação, o que levou o executivo comunitário a desistir dos processos.

    Desde 1998, as regras da UE exigem que os Estados-Membros assegurem que todos os utilizadores de telefones fixos e móveis possam telefonar gratuitamente para o 112.

    Desde 2003, os operadores de telecomunicações devem disponibilizar aos serviços de emergência os dados sobre a localização da pessoa que efectua a chamada.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.