Açoriano Oriental
Europeias
Vitória socialista mostra que os portugueses "confiam no PS"

A cabeça de lista do PS às europeias, Marta Temido, afirmou que o resultado destas eleições mostra que os portugueses "confiam no PS" e prometeu começar a trabalhar "a partir de amanhã".

Vitória socialista mostra que os portugueses "confiam no PS"

Autor: Lusa/AO Online

No primeiro discurso após a confirmação da vitória socialista nas europeias, Marta Temido começou por congratular o PS por ter reunido a confiança dos portugueses no projeto de Europa que o partido defende.

"Esta noite os portugueses voltaram a mostrar que confiam no PS", afirmou a socialista.

Marta Temido prometeu começar a trabalhar no seu novo cargo já "a partir de amanhã" com todos os "que querem começar a construir uma Europa mais forte a favor de todos os portugueses, a favor de todos os europeus".

Deixou também uma palavra elogiosa à forma como decorreram as votações no novo modelo de voto em mobilidade e também aos números da votação.

“A redução da abstenção, apesar de ainda mais elevada do que aquilo que gostaríamos, mostra bem que os portugueses sabem, reconhecem, provam que a Europa importa, que a sua relação com a Europa é sólida e de confiança, que os portugueses acreditam que a Europa pode dar respostas concretas aos problemas do dia-a-dia”, afirmou.

Marta Temido agradeceu aos portugueses pela resposta ao apelo de “transformarem a gratidão e a esperança” recebidas nas ruas durante a campanha eleitoral em “votos nas urnas e em mandatos no Parlamento Europeu”.

Os portugueses, disse, "saíram de casa para votar, provando uma vez mais a vitalidade da nossa democracia no ano em que celebramos os 50 anos do 25 de Abril".

E acrescentou: "Nós portugueses e europeus dissemos mais uma vez presente".

A socialista garantiu que o seu partido não se escusa “a nenhum esforço para construir uma Europa melhor, não só nos próximos cinco anos, mas nos próximos 50 anos”.

“É muito importante o resultado que hoje tivemos, porque os portugueses que sempre demonstraram uma grande confiança no projeto europeu, votaram hoje massivamente em projetos políticos e partidos europeístas”, sublinhou.

Dedicou parte da intervenção a agradecer a toda a estrutura que colaborou com a campanha eleitoral e realçou como este resultado do PS era “uma vitória das mulheres”.

Para Temido, “esta vitória demonstra bem o papel do PS na luta pela defesa da igualdade, na luta pela defesa de todas as igualdades, entre todas e entre todos”.

O PS foi o partido mais votado, com 32,1% e oito eurodeputados, nas europeias de hoje, à frente da Aliança Democrática, que teve 31,1% e sete mandatos, segundo os resultados provisórios.

Segundo a Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna (SGMAI), o Chega, que elegeu dois eurodeputados, foi a terceira força política, com 9,79%.


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados