Sociedade

Violência no namoro preocupa Associação de Apoio à Vítima

Carregando o video...

 

Luís Pedro Silva   Regional   17 de Dez de 2010, 11:36

Durante os últimos anos já houve um homicídio e uma tentativa de homicídio praticados no concelho de Ponta Delgada durante a fase de namoro de dois jovens casais
A violência doméstica na fase do namoro é a mais recente preocupação da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) nos Açores.

Durante os últimos anos já houve um homicídio de uma jovem em Ponta Delgada e uma tentativa de homicídio a outra jovem residente numa das freguesias do concelho, praticados durante a fase de namoro dos casais.

 Helena Costa, gestora da APAV/Açores, admite que a violência na fase do namoro “começa cada vez mais cedo”.

A responsável da APAV considera que “a baixa auto-estima do agressor motiva-o a controlar a outra pessoa”, começando a revelar um sentimento de posse.

“Existem casos em que querem ver as mensagens no telemóvel, possuir a password para verificar o e-mail, analisar as contas das redes sociais, controlar a roupa que pode usar, com quem pode sair de casa e os locais que pode frequentar”, explica a responsável da APAV.




Leia esta notícia na íntegra no Açoriano Oriental de sexta-feira, 17 de Dezembro de 2010

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.