Açoriano Oriental
Comércio tradicional
Vendas de Natal ficaram abaixo das do ano passado
As vendas de Natal do comércio tradicional ficaram este ano em termos globais, abaixo do ano passado, disse à agência Lusa João Vieira Lopes, vice-presidente da CCP.
Vendas de Natal ficaram abaixo das do ano passado

Autor: Lusa/AO online
      Em declarações à agência Lusa, o dirigente da Confederação do Comércio Português (CCP) assinalou que houve pontualmente situações mais positivas mas "no balanço global, as vendas estão abaixo do Natal do ano passado".

    "Um fenómeno que demonstra as dificuldades do pequeno comércio é o facto de antes do Natal já haver promoções e descontos em várias cidades, por todo o país", observou.

    O vice-presidente da CCP salientou que foi esta a situação que os dirigentes da CCP encontraram numa ronda pelas principais cidades do país, onde mantiveram reuniões com os seus associados.

    João Vieira Lopes explicou a debilidade das vendas do comércio tradicional na quadra natalícia pelo crescimento das grandes superfícies e centros comerciais e pelas dificuldades resultantes do fraco poder de compra dos portugueses, com redução das disponibilidades financeiras das famílias.

    João Vieira Lopes precisou que o sector alimentar manteve o padrão de vendas dos últimos anos e que nos têxteis, vestuário e calçado "há sinais contraditórios", mas de uma maneira geral o panorama "não foi nada animador".

    Em relação à área dos brinquedos, o vice-presidente da CCP adiantou que as vendas "foram fracas" no comércio tradicional, com a forte concorrência das grandes superfícies, das lojas chinesas e de baixos custos.
 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.