Justiça

TPI decide este mês se Bemba aguarda em liberdade julgamento


 

Lusa / AO online   Internacional   10 de Nov de 2009, 10:34

O antigo vice-Presidente da República Democrática do Congo Jean-Pierre Bemba, cujo julgamento começará a 27 de Abril de 2010, deverá saber até ao final de Novembro se pode aguardar as audiências em liberdade, foi anunciado esta terça-feira.
Em declarações à Agência Lusa, o director do gabinete de Jean-Pierre Bemba, Fidel Babala, afirmou que o resultado do recurso apresentado pelo Procurador do Tribunal Penal Internacional (TPI), que suspendeu a libertação provisória de Bemba, detido em Haia, deverá ser conhecida até ao final deste mês.

"Saberemos até ao final de Novembro" o resultado do apelo do Procurador Luis Moreno-Ocampo, adiantou.

O TPI anunciou quinta-feira que o julgamento de Jean-Pierre Bemba começará a 27 de Abril de 2010.

Bemba foi detido em Maio de 2008, em Bruxelas, na sequência de um mandado do TPI por crimes de guerra e crimes contra a humanidade alegadamente cometidos pela sua milícia, Movimento para a Libertação do Congo (MLC), na República Centro-Africana entre Outubro de 2002 e Março de 2003.

Jean-Pierre Bemba, de 47 anos, e o MLC encontrava-se na República Centro-Africana para apoiar o Presidente na época Ange-Félix Patassé

Em Agosto de 2009, o TPI ordenou que Bemba aguardasse o julgamento em liberdade provisória, sendo necessário que um país aceitasse receber o antigo responsável da RD Congo.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.