Liga dos Campeões

Sporting vence Shaktar Donetsk por 1-0

Sporting vence Shaktar Donetsk por 1-0

 

Lusa/AO online   Futebol   22 de Out de 2008, 21:31

O Sporting venceu hoje os ucranianos do Shaktar Donetsk por 1-0, em jogo da terceira jornada do Grupo C da Liga dos Campeões de futebol, disputado no Estádio Olímpico de Donestk
Um golo de Liedson, que assim se tornou o melhor marcador leonino de sempre nas competições europeias, permitiu hoje ao Sporting ganhar em Donetsk ao Shakhtar para a Liga dos Campeões de futebol, abrindo excelentes possibilidades de passagem aos oitavos-de-final.
A um quarto de hora do fim, o "levezinho" foi magnificamente assistido por Derlei, de calcanhar, para fazer o único golo da noite na Ucrânia, que coloca o Sporting com seis pontos em três jornadas, isolado no segundo lugar do grupo, logo atrás do Barcelona, que já soma nove.
A 04 de Novembro o Sporting recebe o Shakhtar e logo aí pode garantir a passagem à ronda seguinte, acompanhando o clube catalão, grande dominador do grupo - hoje, goleou na Suíça o Basileia, por 5-0.
Para o resultado positivo em Donetsk muito contribuiu o acerto defensivo do Sporting, aguentando o mais forte pendor ofensivo do Shakhtar, certamente moralizado pelo resultado conseguido pelo Dinamo de Kiev no Dragão.
Jadson, logo no primeiro minuto, e Srna, aos oito, davam o mote ofensivo da equipa da casa, mas sempre com os leões a responderem com toda a calma.
Na primeira parte o melhor que o Sporting conseguiu foi um remate perigoso de Rochemback (12), de livre, que passou perto da baliza do Shaktar.
O equilíbrio e a disputa a meio-campo, mas sem lances de real perigo, caracterizaram os minutos que faltavam até ao final da primeira parte.
Na segunda parte, Moreno quase deu vantagem ao Shaktar, com cabeceamento ao lado, aos 47 minutos - a melhor oportunidade do encontro, até ao momento.
A primeira grande ocasião dos "leões" apareceu volvidos cinco minutos, com Liedson já dar indicação de que queria mesmo "facturar", mas a tendência até ao meio da segunda parte era mesmo para o Shakhtar: aos 54 minutos Rui Patrícia negava o golo a Jadson e aos 58 Moreno chegava ligeiramente atrasado à bola de Srna.
O Shakhtar, que tinha claramente melhores estatísticas ofensivas no jogo, esmoreceu um pouco, e permitiu que o Sporting equilibrasse o confronto, depois das entradas de Pereirinha e Grimi.
Aos 76 minutos, tudo se resolveu a contento do Sporting, num lance de bola parada, que contou com a criatividade de Derlei e o óptimo posicionamento de Liedson.
O lance é todo ele brasileiro: o livre é cobrado por Rochemback, depois Derlei trabalha a bola junto ao poste e serve o "levezinho", para um histórico 19º golo nas competições europeias de clubes.
Para o Shakhtar, foi o KO, puro e simples. Não mais conseguiu criar perigo real para a baliza à guarda de Rui Patrício (que viu o amarelo, por demorar a bola).
O Sporting, muito calmo, controlou o resultado e os preciosos três pontos, que tudo aponta serão decisivos para o apuramento do vice-campeão português.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.