Liga Europa

Sporting encontra Villarreal em crise e a lutar pela manutenção em Espanha

Sporting encontra Villarreal em crise e a lutar pela manutenção em Espanha

 

Lusa/AO Online   Futebol   17 de Dez de 2018, 12:51

O Villarreal, próximo adversário do Sporting nos 16 avos de final da Liga Europa de futebol, está a lutar pela manutenção em Espanha e já trocou de treinador, numa época que tem sido conturbada.

Habituado aos lugares cimeiros da Liga espanhola (foi quinto classificado na última época), o Villarreal teve um inicio de temporada para esquecer, com apenas duas vitórias nas primeiras 12 jornadas, que levou ao despedimento do técnico Javier Calleja, entrando para o seu lugar Luís Garcia.

O ‘submarino amarelo’, como é conhecido, segue no 17.º lugar, um ponto acima da zona de despromoção, e pode mesmo terminar a 16.ª jornada do campeonato nos lugares proibidos, caso ainda hoje o Athletic Bilbau vença no terreno no Alavés.

Em crise na liga, o Villarreal tem tido outro tipo de desempenho nas taças, tendo vencido o seu grupo na Liga Europa e garantido lugar nos oitavos de final da Taça do Rei, após ‘esmagar’ o Almeria, do segundo escalão, por 8-0.

O emblema espanhol não sofreu qualquer derrota na primeira fase da Liga Europa e conquistou o Grupo G com 10 pontos, em igualdade com o Rapid Viena, que também seguiu para os 16 avos de final, e à frente de Rangers e Spartak Moscovo, respetivamente.

Pela primeira vez, Villarreal e Sporting vão encontrar-se nas competições europeias, embora a equipa espanhola tenha algumas más recordações dos confrontos com portugueses.

Em 2011, o ‘submarino amarelo’ falhou a final da Liga Europa após cair nas ‘meias’ com o FC Porto, com uma derrota pesada no Dragão, por 5-1, e um triunfo por 3-2 em casa, que acabou por ser insuficiente.

Diferente foi o embate com o Benfica em 2005, na fase de grupos da Liga dos Campeões, tendo vencido na Luz (1-0) e cedido um empate caseiro (1-1).

O veterano (34 anos) Santi Cazorla, campeão europeu com a Espanha em 2008 e 2012, regressou a ‘casa’ após cinco temporadas no Arsenal e é uma das principais figuras do Villarreal, juntamente com o avançado colombiano Carlos Bacca e defesa argentino Funes Mori.

O guarda-redes Andrés Fernández, que teve uma passagem fugaz pelo FC Porto, é suplente no campeonato, mas foi titular em todos os jogos da Liga Europa, num plantel em que aparece ainda o mexicano Miguel Layun, igualmente ex-jogador dos ‘dragões’.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.