Sociedade ambiental desafia açorianos a plantarem espécies nativas


 

Lusa/AO Online   Regional   19 de Nov de 2018, 17:49

Voluntários vão ser desafiados no próximo sábado a integrar uma ação de plantação de espécies nativas na mata dos Bichos, no concelho da Povoação, numa ação pedagógica para divulgar os efeitos de recuperação de espécies na floresta laurissilva.

“Será visível no território as alterações que são provocadas por estes projetos de intervenção. São plantações que já foram realizadas há cinco anos e poderemos ainda ver testes de medidas de engenharia natural para conservação de taludes, numa iniciativa que tem um caráter pedagógico sobre a ação de preservação da floresta laurissilva”, disse o coordenador da Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA) dos Açores, Rui Botelho, em declarações à agência Lusa.

A iniciativa integra-se nos 25 anos da SPEA, que no sábado e no domingo promovem várias atividades em todo o país.

Nos Açores, a SPEA está em atividade desde 2001 e Rui Botelho explicou que uma das iniciativas projetadas para assinalar a data na região é esta ação pedagógica, na ilha de São Miguel, em que no sábado todos os sócios e amigos da associação são convidados a aderirem à plantação de 12 espécies nativas num 'habitat' natural da floresta laurissilva, a que se segue um almoço/convívio e, de tarde, a observação de aves.

A ideia, prossegue o responsável, é "dar a conhecer um pouco" do trabalho da SPEA "em prol da conservação da natureza”, justificando a escolha do local devido à acessibilidade para a visitação e por ser "uma zona que, ao longo dos vários projetos, tem tido iniciativas de conservação".

A área onde decorrerá a atividade é de média altitude e serão plantadas espécies "como a faia, o pau branco, a urze, espécies que estão adaptadas à média altitude", referiu ainda Rui Botelho.

O coordenador sublinhou o caráter pedagógico desta iniciativa para que "as pessoas vejam e tomem contacto com estas plantas, ganhando também uma noção da dificuldade do trabalho naqueles locais".



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.