Sindicato esperançado num acordo com nova administração da SATA


 

Lusa/AO   Regional   8 de Nov de 2007, 05:20

O Sindicato de Pessoal de Voo da Aviação Civil manifestou hoje esperança de chegar a acordo com a nova administração do grupo SATA face a alegados incumprimentos no acordo da empresa, evitando a greve.
Após uma audiência com o secretário regional da Economia, que tutela a SATA, a dirigente sindical Cristina Vigon adiantou que Duarte Ponta se dispôs a interceder neste processo, relativo aos tripulantes de cabine da SATA Air Açores, no sentido "de chegar a bom termo".

    "O secretário não pode obrigar a administração da SATA a nada, mas garantiu que tudo fará para chegarmos a bom termo", afirmou Cristina Vigon aos jornalistas, alegando que o sindicato dará tempo à nova administração para se inteirar o assunto.

    Em causa está o incumprimento de vários artigos do acordo da empresa, nomeadamente no que se refere à questão das folgas, gozo de férias e obrigatoriedade de treinos recorrentes de salvamento, segurança e primeiros socorros.

    Cristina Vigon referiu, ainda, que o protocolo assinado com a empresa baixou os salários dos funcionários mais novos e subiu de três para cinco anos a mudança de escalão.

    Considerando que as reivindicações não implicam dinheiro, a dirigente sindical assegurou que em causa está apenas o "respeito" pelo acordo que foi assinado entre os trabalhadores e a SATA.

    Segundo disse, esta situação envolve 32 funcionários da SATA Air Açores, 19 das quais estão efectivas e 13 em regime de contrato a prazo, lembrando que está agendada para 19 de Novembro uma reunião com a nova administração da companhia, que tomou posse recentemente.

    Apesar de reconhecer que compete à administração da SATA "encontrar pontos de equilíbrio para a paz social", o secretário regional da Economia mostrou-se confiante de que ambas as partes vão conseguir chegar a acordo.

    "Pretendo que seja possível encontrar um acordo de longo prazo para que a empresa cresça com paz social e cumprindo o que é legal", frisou Duarte Ponte.

    A SATA Air Açores é responsável pelas ligações aéreas entre as nove ilhas, através de uma frota composta por aviões ATP e um Dornier.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.