Grande Guerra

Sarkozy preside à comemoração dos 90 anos do Armistício

Sarkozy preside à comemoração dos 90 anos do Armistício

 

Lusa/AOonline   Internacional   11 de Nov de 2008, 11:32

O presidente francês Nicolas Sarkozy preside à cerimónia internacional de comemoração do nonagésimo aniversário do Armistício da guerra de 1914-1918, no forte de Douamont, um dos cenários da sangrenta batalha de Verdun em 1916.
O presidente francês será acompanhado pelo Príncipe Carlos, herdeiro da coroa de Inglaterra, e pelo grão-duque Henri de Luxemburgo. O novo presidente do Bundesrat (câmara alta do parlamento alemão), Peter Müller representará a Alemanha.

    Estarão igualmente presentes a governadora geral da Austrália, Quenrin Bryce, o presidente da Comissão europeia, José Manuel Durão Barroso e o presidente do Parlamento europeu, Hans-Gert Poettering.

    Nicolas Sarkozy, que preside a União Europeia até o final do ano, falará no ossário de Douamont, construído nos anos vinte para acolher os restos das 300.000 vítimas de Verdun. Em 300 dias e 300 noites de combate de Fevereiro a Dezembro de 1916, 26 milhões de obuses foram atirados pelas artilharias rivais.

    O presidente da República deslocar-se-á de seguida para o cemitério alemão próximo do local.

    Primeira grande conflito do século XX, a Grande Guerra de 1914-1916 na qual participaram 19 nações, entre as quais Portugal, fez cerca de dez milhões de mortos e vinte milhões de feridos, vítimas das primeiras armas de destruição maciça.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.