Sociedade

Ricardo Silva quer mais esforços na defesa das crianças

Ricardo Silva quer mais esforços na defesa das crianças

 

Ana Carvalho Melo   Regional   19 de Nov de 2009, 14:51

O presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande defendeu, esta quinta-feira, uma maior conjugação de esforços entre instituições e cidadãos para “assegurar” que pais e encarregados de educação salvaguardem o bem-estar das suas crianças e jovens, informa nota de imprensa da edilidade.
Ricardo Silva, que falava na sessão de abertura do I Fórum Infanto-Juvenil, que arrancou esta quinta-feira no Teatro Ribeiragrandense, precisou que face ao elevado número de casos a necessitar de promoção e protecção no concelho “é necessário uma conjugação de esforços, não apenas das instituições mas também de cada um dos residentes, de forma a assegurar que os responsáveis legais pelas crianças/jovens, e na maioria dos casos os principais responsáveis pela situação de perigo em que estes se encontram, reúnam as condições essenciais para ultrapassar essa situação e salvaguardar o bem-estar e desenvolvimento integral destes”.

Durante os primeiros 10 meses deste ano, mais de 170 casos foram sinalizados no Concelho da Ribeira Grande, estando no topo de lista e com maior número de casos, as freguesias de Rabo de Peixe (88); Ribeirinha (25); Matriz (25); Ribeira Seca (10) e Pico da Pedra (5).

A nível concelho, a negligência (66 casos instaurados) continua a ser a problemática social mais prevalente.

Os maus-tratos (físicos e psicológicos) são também uma problemática social, muito prevalente no concelho, sendo o segundo motivo de intervenção mais sinalizado (57casos).melhor; no bem-estar de um jovem está o apertado abraço à vida plena”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.