Revista de imprensa nacional


 

Lusa/AO Online   Nacional   1 de Ago de 2010, 07:45

A denúncia de uma autarca contra o companheiro por violência doméstica e a baixa dos preços dos medicamentos a partir de hoje são destaques na imprensa de hoje.

Em manchete, o Diário de Notícias (DN) destaca que “Autarca denunciou companheiro por violência doméstica”, um assunto também realçado pelo CM.

Sobre o mesmo assunto, o Jornal de Notícias (JN) acrescenta que a “Autarca [foi] agredida por namorado durante anos”, referindo que a presidente da câmara de Rio Maior apresentou queixa à PJ contra o companheiro, que foi “detido com armas, não foi ouvido por juiz e saiu em liberdade”.

O DN escreve ainda que “Quase três mil medicamentos baixam hoje de preço”, um assunto que faz manchete no Público, diário que salienta que o “valor médio da descida de preço dos genéricos vai ser de 4,45 euros” e que a “redução de preços determinada pelo governo deverá atingir ‘a grande maioria’ dos 4441 genéricos do mercado”.

O DN e o Público destacam ainda que a intenção do ministério da Educação de acabar com os chumbos “foi mal recebida”, pelo que a oposição deu “não satisfaz” à ministra Isabel Alçada.

O Público anuncia ainda que “Hoje é dia de os pobres ficarem mais pobres”, referindo-se às reduções dos apoios sociais que hoje entram em vigor ao abrigo do PEC.

Em manchete, o Correio da Manhã (CM) revela que “Serial killer ameaça testemunha-chave”, referindo-se ao homem detido por alegadamente assassinar três jovens, que terá ameaçado uma amiga da última vítima.

“Custo da farinha dispara preço do pão a partir da próxima semana”, “Pânico no estádio com queda de bancada” em Vila Real de Santo António, “12 vítimas acusam Henrique Sotero”, o violador de Telheiras, e o funeral do ator António Feio são outros destaques do CM.

O JN realça que saíram menos 215 mil portugueses do país para emigrar nos últimos cinco anos, que um “Tio de [primeiro ministro José] Sócrates não declarou 1,2 milhões de euros ao Fisco” e que o selecionador Carlos “Queiroz reúne-se com Madaíl para acertar futuro”.

Nos desportivos, o Record realça que “Liedson [anda] com stress a mais” e “nunca acusou positivo num controlo antidoping”, mas o “Sporting andou a vigiá-lo durante quatro meses”.

A Bola destaca que o novo selecionador brasileiro afirmou que espera muito do benfiquista David Luís.

O Jogo salienta que Zapater, o novo reforço sportinguista, é “um monstro de trabalho”.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.