Revista de Imprensa

Revista de Imprensa

 

Lusa/AO Online   Nacional   22 de Out de 2012, 07:35

A falta de comida nas cantinas sociais, a derrota do Sporting frente ao Moreirense (2-3) e o congelamento de comparticipações em novos medicamentos são alguns temas hoje em destaque na imprensa portuguesa.

Os jornais realçam também os receios do presidente do Banco Espírito Santo Investimento, José Maria Ricciardi, no âmbito das privatizações, a investigação do caso de um espião do SIS alegadamente “apanhado em rede de lavagem de dinheiro” e uma sondagem do jornal i/Pitagórica que indica que 82,5% dos inquiridos defende cortes na despesa em vez de aumentos de impostos.

Os económicos destacam que o "público e o privado vão ter prestações sociais iguais" e que os maiores "bancos nacionais foram chamados a uma reunião com o Banco Central Europeu e Banco de Portugal para preparar as mudanças na supervisão financeira".

A derrota do Sporting frente ao Moreirense, por 2-3, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, domina as capas dos jornais desportivos.

 

 

Público:

“Indemnizações pedidas ao Estado somam 1,8 mil milhões de euros”.

“Eleições nos EUA: Romney e Obama empatados antes do último debate”.

“Galiza salva Rajoy, separatistas sobem no País Basco”.

“Só a Califórnia é mais produtiva que Portugal no tomate”.

“Mercado ilegal de jogo online vale 300 milhões de euros”.

“Privatizações: José Maria Ricciardi receava que Governo cedesse a pressão de Merkel na EDP”.

“Reguladores ficam com salários acima do de Passos Coelho”.

“Moreirense elimina Sporting na Taça (3-2) e acentua crise ‘leonina’”.

 

Diário de Notícias:

“Espião do SIS apanhado em rede de lavagem de dinheiro”.

“Governo ‘congela’ comparticipações em novos medicamentos”.

“Taça agrava crise do Sporting”.

“IGAS investiga no hospital de Braga morte de doente”.

“Bissau acusa Portugal, CPLP e Gomes Júnior”.

“Vaga nacionalista está de regresso ao País Basco”.

 

Jornal de Notícias:

“Já há falta de comida nas cantinas sociais”.

“Refeições não chegam para os pedidos, dizem instituições. Governo nega”.

“Misericórdia do Porto tem 20 famílias em lista de espera”.

“D. Januário avisa que Portugal não pode regressar ao tempo da sopa dos pobres”.

“Porto despediu-se de Manuel António Pina”.

“O drama dos professores deslocados".

“Bingo do Salgueiros fecha e atira 93 para o desemprego”.

“Julgamento de pai de juíza já custa 44 mil euros ao Estado”.

“Braga: Hospital investiga morte de mulher por exposição a radiações”.

“Derrota afasta leões da Taça e acentua crise”.

"José Ribeiro e Castro: ‘Uma AD teria sido melhor para o país’”.

“Eleições em Espanha: Direita revalida maioria na Galiza e nacionalistas vencem no País Basco”.

 

Jornal i:

“Sondagem i/Pitagórica: 82,5% defende cortes na despesa em vez de aumentos de impostos”.

“Sondagem i/Pitagórica: 81,5% não aprova a ação deste Governo. PS à frente nas intenções de voto”.

“IRS cobrado pelo Estado a cada trabalhador subiu 54% em dez anos”.

“Ricciardi diz que protestou junto de governantes contra ajustes diretos”.

“Vias sem portagem são as preferidas dos condutores e dos criminosos”.

“Novo sistema chega a Portugal para provar se inquilinos são de confiança.”

 

Correio da Manhã:

“Rendimento médio dos últimos onze anos: Paulo Campos ganhou 8 mil € por mês”.

“Leão sem garras para a Taça”.

“Crise: Dívidas asfixiam polícias”.

“Pais de Angélico exigem 159 mil euros”.

“Vale e Azevedo: Tudo o que tinha em casa vai ser leiloado”.

“IMTT entupido: Um milhão de carros com registo errado”.

“Ensino Superior: Aulas pagas a 5 euros”.

“Pais de Angélico exigem 159 mil euros”.

“FC Porto gasta 1,8 milhões com ‘emprestados’”.

“Vieira: ‘Desempregados terão ajuda especial’”.

“Rangel. ‘Passivo ultrapassa os 400 milhões’”.

 

Diário Económico:

“Banco de Portugal chama banqueiros para mudar supervisão”.

“‘Não é ilícito desabafar com membros do Governo’, José Maria Ricciardi”.

“Fusão da Sonaecom com a Zon limita-se à operadora Optimus”.

“Empresas exportadoras pagam sobretaxa de 10% para fugirem às greves dos portos”.

“Para Paulo Mendonça, partner da Ernst & Young, ‘graças a deus que o Governo manteve a cláusula de salvaguarda no IMI’”.

“João Soares, deputado do PS, diz que ‘o Governo tem negociado rigorosamente nada com a troika’”.

 

Jornal de Negócios:

“Público e privado vão ter prestações sociais iguais”.

“Portugal não é visto como um problema de Bruxelas”.

“‘O crescimento é necessário para restaurar a confiança no euro’, consultor Roland Berger”.

“Certificação de produtos ‘é arma’ na luta das exportações”.

“Indemnizações pelo fim do concurso para a terceira travessia [sobre o Tejo] estão por pagar”.

“Procter & Gamble fecha em Barcelona e concentra lixívias em Matosinhos”.

“‘TAP precisa muito mais que 500 milhões’”, Germán Efromovich, único candidato à privatização”.

 

A Bola:

“Insustentável!: Leão sem rumo dentro e fora do campo”.

“Contestação de seis dezenas de adeptos à saída de Moreira de Cónegos”.

“SAD [do Sporting] acusa Eduardo Barroso de ter desestabilizado a equipa”.

“Godinho Lopes respondeu ao presidente da Assembleia Geral”.

“‘Chega de desculpas, única solução é trabalhar’, Oceano”.

“‘Foi uma noite de sonho’, Pablo Oliveira, autor de dois golos do Moreirense”.

“Benfica: ‘Impossível reatar relações com este FC Porto’, Rui Gomes”.

“FC Porto: Mangala de novo solução à esquerda”.

“Espanha: Falcao mantém Atlético de Madrid no topo”.

 

Record:

“Assim é trágico: O título é uma miragem e a Taça já se foi”.

“Leões sofrem terceira derrota consecutiva e há 13 anos que não caíam à primeira prova”.

“Rui Patrício parou penálti e ficou por assinalar outro por carga sobre Van Wolfswinkel”.

“Godinho Lopes responde a Eduardo Barroso: ‘Dão abraços nas vitórias e facadas quando se perde’”.

“Pablo Oliveira fez dois grandes golos e Wagner desferiu golpe final”.

“Gaitán pronto para a ‘final’: Benfica está em Moscovo e pode contar com o argentino a 100%”.

“Eleições no Benfica: ‘Vieira tem unhas para esta guitarra’, Vilarinho”.

“Eleições no Benfica: ‘Soares Oliveira defende interesses do BES’, Martim Mayer”.

“Rui Rangel, o candidato que sonhava ser craque”.

“FC Porto: Mangala a lateral com Dínamo de Kiev”.

“SP. Braga: Douglão não vai a Manchester”.

“Espanha: Postiga marca no triunfo do Saragoça”.

“Jéssica Augusto e Rui Silva vencem corrida do Tejo”.

 

O Jogo:

“Agora foi sina: Grande jogo com Moreira de Cónegos podia ter caído para qualquer dos lados”.

“Godinho Lopes já fala em facadas de Eduardo Barroso”.

“Rinaudo: ‘Melhorámos muito no futebol e na atitude’”.

“FC Porto: Danilo marca mais quando joga a lateral”.

“Gaitán abre a porta a um salário russo”.

“Alex Ferguson: ‘Braga é a terceira melhor equipa portuguesa’”.

“Benfica: ‘Connosco esta equipa é campeã’, Cunha Leal”.

“Uma mão-cheia em 25 minutos" (sobre o jogo Vitória de Guimarães-Vilaverdense, 6-1)”.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.