Consumo

Reino Unido baixa IVA de 17,5 para 15% durante um ano


 

Lusa/AOonline   Economia   24 de Nov de 2008, 16:01

O governo britânico anunciou que vai reduzir o Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) em 2,5 por cento a partir de segunda-feira e durante um ano até ao final da recessão.
A medida foi anunciada hoje pelo ministro das Finanças, Alistair Darling, na Câmara dos Comuns, na apresentação do relatório que antecipa o orçamento do próximo ano.

    A redução vem em pleno período de compras de Natal, reflectindo a preocupação do governo em estimular o consumo e ajudar os retalhistas a aumentarem as receitas.

    Assim, a taxa máxima do IVA no Reino Unido passa de 17,5 por cento para 15 por cento, enquanto alguns produtos, como cadeiras para crianças e combustível para uso doméstico, continuam a pagar cinco por cento de IVA.

    A medida foi justificada por Darling com a necessidade de “colocar dinheiro na economia imediatamente”.

    Estas mudanças não deverão ser sentidas no tabaco, combustíveis e alcool, produtos sobre os quais os impostos vão subir para manter os preços actuais e desincentivar o consumo.

    O valor do IVA deverá regressar ao nível actual no início de 2010, quando o governo espera que “a recuperação já esteja em curso”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.