Região ganhou 111 mil euros por dia com imposto sobre o tabaco

Região ganhou 111 mil euros por dia com imposto sobre o tabaco

 

Luís Pedro Silva   Regional   8 de Ago de 2019, 09:00

A Região conseguiu obter 20,1 milhões de euros provenientes do Imposto do Consumo sobre o Tabaco durante o primeiro semestre do ano, representando um novo recorde de receita fiscal com este imposto nos Açores

Os dados constam do Boletim de Execução Orçamental, divulgado pela Direção Regional do Orçamento e Tesouro, indicando que este ano houve um aumento de 28 por cento da receita fiscal proveniente do imposto sobre o tabaco.  Na prática, diariamente, a Região arrecadou 111 mil euros do imposto sobre o tabaco.

Mário Fortuna, presidente da Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada e presidente da Fábrica de Tabaco Micaelense, considera que este aumento da receita fiscal do imposto sobre o tabaco está relacionado com a necessidade das fábricas em aumentarem a sua produção, de forma extraordinária, durante o primeiro semestre deste ano.


Ler mais na edição desta quinta-feira, 8 agosto 2019, do jornal Açoriano Oriental



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.