Recrutamento dá oportunidade a desempregados para trabalhar na restauração e hotelaria alemãs


 

Lusa/AO Online   Economia   7 de Nov de 2011, 07:52

 Os desempregados dispostos a rumar à Alemanha para trabalhar na hotelaria e restauração têm uma oportunidade esta semana, numa iniciativa de recrutamento de trabalhadores que o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) vai realizar em Faro.

A ação realiza-se nas próximas quinta e sexta-feira na Escola de Hotelaria e Turismo e é promovida pela delegação regional do Algarve do IEFP, com o objetivo de “divulgar ofertas de trabalho na Alemanha e agilizar os contactos entre entidades empregadoras e os desempregados da região”, a que mais alta taxa de desemprego tem no país, referiu o instituto num comunicado.

“Esta iniciativa destina-se a todos os candidatos a emprego, inscritos ou não nos centros de emprego, que apresentem alguma experiência numa das seguintes profissões: cozinheiros, empregados de mesa e bar, serviço de quartos, pessoal de limpeza, rececionistas de hotel e outros profissionais com experiência na área da hotelaria e restauração”, precisou à Lusa o gabinete de comunicação do IEFP.

A mesma fonte adiantou que “são muito importantes conhecimentos linguísticos em alemão” e que vão estar no evento “pelo menos seis empresas alemãs e uma associação empresarial da região da Bavária” que atuam nas áreas da hotelaria e restauração, entre elas um grupo hoteleiro internacional e uma cadeia de restauração rápida.

Além disso, referiu, na Bavária, região que estará representada na Escola de Hotelaria e Turismo nos dias 10 e 11, “os salários brutos situam-se em valores entre os 1.350 e os 1.700 euros por mês, dependendo das posições e dos níveis de qualificações requeridos”.

O IEFP do Algarve adiantou ainda que os interessados terão acesso, durante os dois dias do evento, a “apresentações sobre procura de emprego, condições de vida e trabalho na Alemanha, sessões específicas nas áreas profissionais de hotelaria, restauração e turismo, ações de seleção e recrutamento com empregadores alemães presentes e informação sobre outras oportunidades de emprego nestas áreas”.

Estarão também presentes, segundo o IEFP, conselheiros EURES (European Employment Service), para prestar “aconselhamento personalizado sobre o seu projeto de mobilidade”, assim como a Câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã (delegação do Algarve) e o Consulado da Alemanha no Algarve.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.