Turismo

Receitas da hotelaria recuam entre Janeiro e Setembro

Receitas da hotelaria recuam entre Janeiro e Setembro

 

Lusa / AO online   Regional   16 de Nov de 2009, 17:38

As receitas da hotelaria açoriana recuaram 9,8 por cento nos primeiros nove meses de 2009, face ao período homólogo anterior, atingindo um montante acumulado de 41,4 milhões de euros, divulgou esta segunda-feira o Serviço Regional de Estatística.
A quebra da facturação nos hotéis, residenciais e pousadas dos Açores reflecte a baixa no volume de dormidas (menos 9,4 por cento), mas também a quebra no rendimento médio por quarto, para 26,9 euros.

Entre Janeiro e Setembro, a hotelaria açoriana registou cerca de 858.400 dormidas, das quais 463.400 dizem respeito a estrangeiros.

Segundo o Serviço Regional de Estatística, a procura por hóspedes nacionais registou uma quebra de 10,8 por cento nos primeiros nove meses deste ano, enquanto a de estrangeiros caiu 8,2 por cento.

As quebras nas dormidas foram mais acentuadas nas ilhas das Flores (14,1), Faial (11,2), S. Miguel (9.8) e Terceira (9,5).

Com cerca de 594.800 dormidas, a ilha de S. Miguel concentrou 69,3 por cento das dormidas registadas neste período, seguindo-se a Terceira com 119.100 (13,9 por cento) e o Faial com 70.200 (8,2 por cento).

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.