Reacção encarnada com doce reviravolta

Reacção encarnada com doce reviravolta

 

Arthur Melo   Outras modalidades   27 de Out de 2007, 21:46

O Santa Clara precisou de encetar uma reviravolta no marcador para poder levar de vencida o Vasco da Gama em partida da segunda jornada da II Divisão Nacional de hóquei em patins, Zona Sul
Foi o segundo triunfo dos encarnados na prova o que lhes permite ascender ao quinto lugar com seis pontos, ao passo que os alentejanos ocupam o 11º posto com apenas um ponto somado.

O resultado final do encontro espelha bem as dificuldades que a equipa de José Soares enfrentou. O Vasco da Gama, apoiado num rígido mas bastante sólido quadrado defensivo, anulou no primeiro tempo a maioria das intenções ofensivas dos locais que depois de um bom começo acabaram por não se dar bem com a estratégia adversária, errando muitos passes e com as combinações de ataque a não resultarem na perfeição.

Velozes no contra-ataque e quase sempre apanhando o Santa Clara descompensado na defesa, o Vasco da Gama proporcionou a Nuno Moreira uma tarde em grande, acabando apenas por não se superiorizar a um grande remate de Daniel Paías.

Ao golo sofrido os encarnados souberam reagir e num remate de meia distância Paulo Moreira restabeleceu a igualdade quatro minutos volvidos.

A reviravolta foi consumada no terceiro minuto da segunda parte, numa bonita combinação ofensiva finalizada em cima da linha de golo.

O jogo abriu-se, ficou mais veloz mas os guarda-redes levaram sempre a melhor até final da partida.

Trabalho da equipa de arbitragem irregular. Os dois cartões azuis aos jogadores do Vasco da Gama foram forçados.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.