Açoriano Oriental
PSD/Madeira protesta contra tratamento diferenciado às universidades insulares

Os deputados do PSD/Madeira à Assembleia da República anunciaram hoje que vão apresentar um voto de protesto ao ministro do Ensino Superior pela "diferença" de tratamento do Governo da República às universidades dos Açores e da Madeira.

article.title

Foto: RPC Silva
Autor: Lusa/AO Online

No Funchal, no final de um encontro com o reitor da Universidade da Madeira, José do Carmo, e na sequência de uma notícia do Jornal da Madeira de que o Estado vai disponibilizar nos próximos quatro anos mais 4,8 milhões de euros à Universidade dos Açores do que à da Madeira, a deputada Sara Madruga da Costa considerou "inadmissível e inqualificável a diferença de tratamento do Governo da República relativamente às universidades da Madeira e dos Açores".

A deputada referiu que a "inadmissível diferença de tratamento entre as duas universidades ocorre na mesma semana em que o PS e os deputados socialistas madeirenses eleitos na Assembleia da República chumbaram uma proposta de alteração ao Orçamento do Estado, apresentada pelo PSD/M, que visava atribuir uma majoração do financiamento a estas duas universidades insulares".

"Enquanto o PS e os deputados socialistas madeirenses chumbavam, no parlamento, a proposta de alteração ao Orçamento do Estado 2020” que ia ao encontro das “legítimas pretensões da Universidade da Madeira, nos bastidores o Governo de António Costa atribuía mais dinheiro e um financiamento à Universidade dos Açores, prejudicando, mais uma vez, a Madeira", criticou a deputada social-democrata.

"Esta postura e esta atitude discriminatória por parte do Governo de António Costa são inaceitáveis, assim como é inaceitável a cumplicidade e o voto contra a Madeira do PS e dos deputados socialistas madeirenses em relação a uma instituição fundamental para a Madeira, como é a nossa Universidade", acrescentou.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.