Política

PSD e CDS/PP criticam exigências do PS na Câmara de Angra do Heroísmo


 

Lusa/AO online   Regional   12 de Dez de 2011, 15:41

O PSD e o CDS/PP, partidos da oposição no executivo municipal de Angra do Heroísmo, criticaram a posição do PS de exigir condições para evitar a realização de eleições no município.
Para António Ventura, vereador do PSD, o PS apresentou uma solução que "condiciona a democracia", frisando que as condições impostas pelos socialistas são uma "chantagem democrática".

O vereador disse que a posição socialista "é a mesma coisa que dizer que não quer fiscalização, nem debate e quer o mínimo contacto possível com a oposição".

Na sequência da renúncia ao mandato da anterior presidente e dos dois vereadores eleitos pelo PS, os socialistas anunciaram que Sofia Couto será a nova presidente da autarquia, assumindo António Gomes e José Ventura os restantes dois lugares do partido na vereação.

Para evitar a realização de eleições, o PS colocou, no entanto, duas condições, que são a aprovação do orçamento e plano de investimentos da câmara nos termos propostos pela presidente da câmara e a restituição de todas as delegações de competências que foram retiradas aos membros do executivo.

António Ventura defendeu que a situação da autarquia "não se pode transformar numa anedota", frisando que "é preciso devolver o orgulho aos angrenses e a angra".

"O PSD está e sempre esteve disposto a ajudar na governação da câmara", afirmou António Ventura, recordando é necessário "privilegiar o debate profundo de ideias para benefício dos angrenses".

Por seu lado, Artur Lima, vereador do CDS/PP, considerou que "em democracia, a atitude do PS é uma atitude arruaceira", frisando serem "ridículas" as exigências apresentadas pelos socialistas.

Para Artur Lima, a exigência de aprovação do orçamento não faz sentido, recordando que "os orçamentos foram sempre viabilizados pela oposição", enquanto a retirada de competências "apenas aconteceu porque o anterior executivo se furtou ao diálogo, enveredando pelo caminho da arrogância e prepotência e escondendo informações da oposição".

A próxima reunião do executivo municipal de Angra do Heroísmo, composto por três elementos do PS, três do PSD e um do CDS/PP, realiza-se na quinta feira às 09:30.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.