PS e PSD de São Jorge divididos sobre visita do Governo dos Açores à ilha

PS e PSD de São Jorge divididos sobre visita do Governo dos Açores à ilha

 

Lusa/AO Online   Regional   25 de Jan de 2019, 11:56

O PSD de São Jorge acusou, esta sexta-feira, o Governo dos Açores de "repetir promessas que não cumpre" no que se refere àquela ilha, mas o PS advoga que estão a ser cumpridos os "compromissos" definidos para a presente legislatura.

Quer os socialistas quer os sociais-democratas da ilha do grupo central endereçaram hoje notas à imprensa traçando um balanço da visita estatutária que o executivo liderado por Vasco Cordeiro fez esta semana a São Jorge.

O Governo Regional, defendeu o deputado do PSD/Açores António Pedroso, "voltou a São Jorge e teimou em repetir promessas que não cumpre".

E concretizou: "São muitas as obras públicas há vários anos que não têm passado do papel. Este governo especializou-se em adiar obras que deviam ser inadiáveis para o desenvolvimento da ilha", dando o parlamentar como exemplos a remodelação do Centro de Saúde de Velas ou a obra de proteção da orla costeira entre Santa Catarina e o campo de jogos da Calheta.

"Pelo terceiro ano consecutivo, o Governo Regional voltou a anunciar o início das obras de reabilitação do Centro de Saúde das Velas. A verdade é que os anos passam, os anúncios sucedem-se e nada é feito. Chega de promessas, concursos anulados e falta de transparência", instou.

O PS de São Jorge, por seu turno, defende que a visita do executivo "permitiu verificar no terreno o trabalho realizado pelo Governo dos Açores com os parceiros sociais, empresários e com os jorgenses em geral, no sentido de dotar a ilha de São Jorge de melhores condições".

A presença de Vasco Cordeiro, do vice-presidente Sérgio Ávila, e dos secretários regionais "permitiu destacar um conjunto de investimentos, uns já concluídos e outros em fase de obra, que acima de tudo devem servir a economia jorgense e permitir atingir ainda melhores resultados", defendem os socialistas jorgenses.

Como exemplo, o PS destaca o reordenamento do Porto Comercial de Velas, o Porto do Topo, o Entreposto Frigorífico das Velas, o Centro de Saúde da Calheta, o Museu Francisco Lacerda ou a conclusão do caminho florestal longitudinal Norte.

O Governo Regional terminou na quinta-feira uma visita de três dias a São Jorge, ilha com cerca de 10 mil habitantes, espalhados por dois concelhos - Velas e Calheta -, conhecida pela qualidade do seu queijo e das suas conservas de atum, bem como pela beleza natural das suas fajãs.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.