Provedor do estudante da Universidade dos Açores recebeu 100 solicitações em dois anos

Provedor do estudante da Universidade dos Açores recebeu 100 solicitações em dois anos

 

Lusa / AO online   Regional   6 de Out de 2013, 11:36

O provedor do estudante da Universidade dos Açores recebeu, nos últimos dois anos, cerca de uma centena de exposições de alunos que solicitavam esclarecimentos relacionados com a atividade dos serviços académicos, nomeadamente propinas e funcionamento de algumas disciplinas.

 

João Teixeira, provedor do estudante da Universidade dos Açores, acrescentou à Lusa que “grande parte das exposições” são "pedidos de esclarecimento ou de informação de alguns procedimentos que os alunos devem ter no seu percurso académico" e "nem todas elas são queixas".

"Grande parte das questões levantadas dizem respeito à atividade dos serviços académicos, por vezes, a certos procedimentos que os alunos têm que ter ou problemas pontuais" relativos, por exemplo, a processo de pagamento de propinas, plano de pagamento de propinas, propinas em atraso", explicou, acrescentando que "também surgem às vezes reclamações ao nível pedagógico relativas ao funcionamento de algumas disciplinas".

Em relação às questões a nivel pedagógico, segundo explicou, "estas são sanadas em articulação com o Conselho Pedagógico da Universidade dos Açores".

João Teixeira, provedor do estudante desde setembro de 2011, disse que "nos últimos dois anos foram cerca de 100 as exposições feitas", admitindo que os alunos reclamam com "maior frequência", o que "não resulta do aumento de problemas mas acima de tudo de um maior esclarecimentos dos estudantes em relação à figura do provedor" e do seu papel na "promoção do diálogo" em situações que o aluno à partida "não conseguiria resolver".

“É uma figura bastante ampla no seu âmbito de atuação já que os alunos podem apresentar queixa sobre todos os organismos da universidade, serviços académicos, ações da reitoria, membros de júri, docentes. Há uma série de entidades sobre as quais aos alunos podem apresentar reclamações”, sublinhou.

A figura do provedor do estudante da Universidade dos Açores foi criada em 2009, na sequência da aprovação dos novos estatutos desta instituição de ensino superior.

A Provedoria do Estudante funciona no campus universitário de Ponta Delgada com atendimento no departamento de Economia e Gestão, mas todos os estudantes da Universidade dos Açores podem enviar questões através de endereço eletrónico ou contactos telefónicos.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.