Projeto Familia do Lado junta no domingo ao almoço seis familias nos Açores

Projeto Familia do Lado junta no domingo ao almoço seis familias nos Açores

 

LUSA/AOnline   Regional   17 de Nov de 2012, 11:45

Seis famílias do Brasil, Cabo Verde, México e Açores juntam-se no domingo ao almoço num encontro de culturas e gastronomia, no âmbito do projeto internacional Família do Lado, que decorre este ano pela primeira vez em Portugal.

Lançado em 2004 para promover o encontro de culturas, este projeto permite a cada família local acolher em sua casa uma família imigrante que não conheça, num almoço, que decorre em simultâneo em sete países europeus (República Checa, Itália, Espanha, Hungria, Malta, Eslovénia e Portugal).

Nos Açores, inscreveram-se para a iniciativa seis famílias, na ilha de S.Miguel, segundo disse à agência Lusa Leoter Viegas, coordenador do Centro Local de Apoio à Integração de Imigrantes (CLAII) de Ponta Delgada, instituição que se associou à iniciativa, admitindo que esperava "uma maior adesão" à iniciativa, já que vivem nos Açores imigrantes de "mais de 80 nacionalidades".

"É um projeto novo e as pessoas ainda não estão muito recetivas para receberem em casa alguém que não conhecem", disse, lembrando que o projeto, criado na República Checa, vai ser desenvolvido este ano pela primeira vez em Portugal, sendo os Açores uma das regiões onde a iniciativa decorre.

Leoter Viegas disse que "vão ser constituídos três pares de famílias", sendo que duas delas são açorianas e que "vão receber duas famílias de imigrantes".

"E há ainda uma família imigrante que recebe uma família local, o que forma assim no total três pares", acrescentou, indicando que os imigrantes são do "Brasil, Cabo Verde e México".

A ementa típica está a cargo da família que acolhe, mas quem visita levará também um prato, uma bebida ou uma sobremesa típica do seu país de origem.

"Esta iniciativa visa a interação entre imigrantes e autóctones, mas também reforça as relações sociais, o conhecimento mútuo, a diversidade cultural e a integração" das comunidades, sublinhou.

O projeto Família do Lado é desenvolvido em Portugal pelo Alto Comissariado da Emigração e Diálogo Intercultural (ACIDI), com o apoio do Fundo Europeu para a Integração de Nacionais de Países Terceiros (FEINPT), em parceria com a Rede de Centros Locais de Apoio à Integração de Imigrantes (CLAII).


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.