Principal suspeito da chacina de 57 pessoas entrega-se às autoridades


 

Lusa / AO online   Internacional   26 de Nov de 2009, 10:21

O Governo filipino anunciou esta quinta-feira que o principal suspeito da chacina de pelo menos 57 pessoas ocorrida na segunda-feira no sul do país se entregou e vai ser levado para Manila para ser interrogado.
Andal Ampatuan Junior, presidente de uma comuna e filho do governador da província de Maguidanao, na ilha de Mindanau, foi conduzido de helicóptero para um aeroporto próximo de onde será transferido para a capital filipina, disse o secretário do Interior, Ronaldo Puno.

A chacina terá sido perpetrada por milicianos sob o comando de Andal Ampatuan Jr, filho de um poderoso político local membro da coligação da Presidente Gloria Arroyo e suspeito de ser o comanditário da matança de segunda-feira.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.