Açoriano Oriental
Primeiro cidadão russo diagnosticado com o novo coronavírus

Uma mulher russa a bordo do navio de cruzeiro Diamond Princess, que está em quarentena num porto no Japão, é a primeira pessoa da Rússia a ser diagnosticada com o novo coronavírus (Covid-19), informaram as autoridades russas.

article.title

Foto: EPA/RUNGROJ YONGRIT
Autor: Lusa/AO Online

A mulher será transferida para um hospital e receberá tratamento, disse a embaixada da Rússia no Japão na sua conta na rede social Facebook.

Não ficou claro se a mulher seria transferida para um hospital na Rússia ou no Japão.

Desde o início do surto de coronavírus, o Governo russo suspendeu a maior parte de seu tráfego aéreo para a China.

Todos os comboios que ligam a Rússia à China e o território russo à Coreia do Norte foram suspensos, assim como a fronteira terrestre da Rússia com a China e a Mongólia está encerrada.

Moscovo deixou temporariamente de emitir vistos de trabalho para cidadãos chineses e os estudantes chineses que haviam saído para as férias do Ano Novo Lunar na China foram convidados a não retomar aos seus estudos nas universidades russas até 01 de março.

O primeiro-ministro russo, Mikhail Mishustin, disse que a Rússia pode começar a deportar estrangeiros infetados pelo vírus.

O coronavírus Covid-19 provocou 1.775 mortos e infetou cerca de 71.300 pessoas a nível mundial.

A maioria dos casos ocorreu na China, onde a epidemia foi detetada no final de 2019.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.