Açoriano Oriental
Covid-19
Primeira morte em Ovar é uma octogenária de um lar

A Câmara Municipal de Ovar anunciou a primeira morte por Covid-19 nesse concelho do distrito de Aveiro em estado declarado de calamidade pública e sujeito a cerca sanitária, com controlo de fronteiras.

article.title

Foto: EPA/ESTELA SILVA
Autor: Lusa/AO Online

O presidente da autarquia, Salvador Malheiro, começou por divulgar na rede social Facebook: "Faleceu hoje no nosso município a primeira vítima mortal do vírus Covid-19".

Segundo fonte da corporação local de bombeiros, em causa está uma octogenária da freguesia de São João de Ovar que estaria à guarda de um lar de idosos.

Salvador Malheira dirigiu depois à família da falecida os seus pêsames, admitindo que novas vítimas possam surgir nos próximos tempos, tendo em conta que o registo da autarquia já contabiliza mais infetados no concelho do que os estão a ser divulgados pelas autoridades.

O autarca explicou que isso se pode dever a dificuldades de comunicação num período de atividade muito intensa para as entidades da saúde e da Proteção Civil, e declara: "Casos confirmados pela Direção Geral de Saúde [do Centro] nós temos apenas 37, mas os casos que eu conheço neste momento já são para cima de 50".


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.