Presidente do Sporting diz que treinador “está escolhido”, mas não revela quem é

Presidente do Sporting diz que treinador “está escolhido”, mas não revela quem é

 

Lusa/Ao online   Futebol   3 de Nov de 2018, 11:14

O presidente do Sporting, Frederico Varandas, revelou este sábado que o substituto de José Peseiro como treinador da equipa de futebol do Sporting “está escolhido”, mas só será anunciado após a desvinculação do seu atual.

“O futuro treinador do Sporting está escolhido, está acertado com ele. Não posso dizer quem é porque falta acertar a rescisão com o clube com o qual está a trabalhar”, disse Frederico Varandas à partida da comitiva ‘leonina’ para os Açores, onde no domingo defronta o Santa Clara para nona jornada da I Liga.

O presidente do Sporting adiantou que “houve um interesse real” na contratação de Leonardo Jardim, antigo técnico do clube, mas que “nunca chegou a ser opção”, porque o treinador que rescindiu recentemente com o Mónaco “não pretende regressar a Portugal a curto prazo”.

Frederico Varandas rejeitou que tivesse tomado a decisão de despedir José Peseiro imediatamente após a derrota sofrida na quarta-feira na receção ao Estoril Praia, do segundo escalão, por 2-1, em jogo da Taça da Liga, tendo mandado agendar uma reunião com o técnico para o dia seguinte.

“Não gosto de tomar decisões a quente. Às 10:00 [de quinta-feira] decidi que o melhor para o Sporting Clube de Portugal era que José Peseiro não continuasse como treinador”, disse o presidente do clube de Alvalade, que anunciou a rescisão nesse dia, em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Frederico Varandas argumentou que José Peseiro “fez o melhor que pôde”, lembrando que “nas últimas cinco épocas não terminou uma completa” em nenhum clube, revelando não existir qualquer cláusula de confidencialidade no acordo de rescisão com o ex-técnico do clube.

O presidente ‘leonino’ respondeu também ao presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, aludindo ao processo E-toupeira, no qual a SAD do rival lisboeta foi constituída arguida, advertindo que será “implacável na luta contra a corrupção” no futebol.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.