Portugueses só poupam em média 80 euros por mês

Portugueses só poupam em média 80 euros por mês

 

Lusa/AO Online   Nacional   30 de Out de 2018, 17:39

Os portugueses só conseguem poupar, em média, 80 euros por mês, um dos valores mais baixos entre os países da União Europeia, segundo o ‘European Payment Consumer Report’ da Intrum, divulgado esta terça-feira.

O relatório revelou “que os portugueses conseguem poupar em média 80 euros por mês, valor este bastante baixo em relação à média europeia que é de 385 euros”, disse, em comunicado a Intrum.

Países como a Suíça (250 euros), a Noruega (198 euros) e a Suécia (184 euros) possuem os valores de poupança mais elevados.

Abaixo da média de Portugal estão a Polónia (69 euros), a Lituânia (67 euros), a Letónia (44 euros), a Hungria (40 euros), a Roménia (40 euros) e a Grécia (31 euros).

No entanto, mais de metade (57%) dos portugueses inquiridos acreditam que a sua situação económica vai melhorar, enquanto a média europeia se fixa nos 64%.

Por sua vez, o estudo revelou que 58% dos portugueses conseguem poupar dinheiro mensalmente, um valor praticamente igual ao da média europeia que ronda os 57%.

Entre os principais motivos que levam os portugueses a poupar contam-se pagar despesas inesperadas (76%), viajar (42%), juntar mais dinheiro para uma eventual perda de emprego ou de outro rendimento (31%) ou para a reforma (26%).

De acordo com o ‘European Payment Consumer Report’, 66% dos portugueses têm uma conta poupança, valor superior à média europeia que é de 56%.

“Mais de metade dos portugueses possui uma conta poupança e isso demonstra o quão importante é a gestão do nosso dinheiro. Poupar é a melhor forma de nos prevenirmos de situações menos boas que possam ocorrer”, disse, em comunicado, o diretor-geral da Intrum Portugal, Luís Salvaterra.

Para a realização do estudo, elaborado no âmbito do dia mundial da poupança que se realiza em 31 de outubro, foram entrevistados 24.401 consumidores europeus, 1.009 dos quais em Portugal.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.