Euro/Crise

Portugal precisa de fazer esforço colectivo para corrigir desequilíbrios

Portugal precisa de fazer esforço colectivo para corrigir desequilíbrios

 

Lusa/AO online   Economia   28 de Set de 2011, 12:03

O presidente da Comissão Europeia disse que Portugal precisa de fazer um esforço colectivo para corrigir desequilíbrios como aqueles detectados na Madeira, afirmando que “infelizmente” a notícia de desvios orçamentais naquela região autónoma não foi uma surpresa.
“Não, não foi surpresa. Infelizmente sabíamos já que em Portugal, não apenas na Madeira, para ser sério, havia muitos problemas de dívidas e de gastos excessivos. É por isso que é necessário que Portugal se empenhe colectivamente, no conjunto do país, nas regiões autónomas, nos municípios, num esforço para corrigir esses desequilíbrios”, afirmou.

Falando a jornalistas portugueses no final de um debate no Parlamento Europeu sobre o “Estado da União”, Durão Barroso escusou-se a aprofundar a questão dos desvios orçamentais na região autónoma da Madeira, e designadamente se tal poderia afectar a imagem do país no exterior, preferindo sublinhar a necessidade de Portugal prosseguir o que considerou estar a ser um bom trabalho e cumprir com tudo aquilo com que se comprometeu com a 'troika'.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.